Rastreamento e telemetria veicular: entenda as diferenças!

rastreamento-e-telemetria-veicular-entenda-as-diferencas
Compartilhe esse conteúdo:

No contexto da gestão de frotas e transportes, cada vez mais a tecnologia tem sido adotada em substituição aos tradicionais métodos. Hoje, por exemplo, conceitos como rastreamento e telemetria são comuns na rotina das empresas, servindo de base para um gerenciamento e controle mais aprofundado da frota, a partir da coleta de uma série de dados dos veículos e seus condutores.

No entanto, apesar de haver diferenças cruciais entre a telemetria e o rastreamento de veículos, essas duas tecnologias muitas vezes são confundidas ou tidas como sinônimas. É preciso pontuar, desse modo, que embora ambas sejam ferramentas essenciais para o trabalho dos gestores e líderes das empresas, elas apresentam funcionalidades distintas.

O que é a telemetria?

Na era da informação, em que os dados são ativos valiosos para as empresas, a telemetria é o conceito que materializa a noção de gestão estratégica por meio de dados concretos.

O conceito em questão pode ser entendido como um processo automatizado, funcionando a partir de sensores e receptores de informações, que opera de maneira remota por intermédio de uma rede sem fio — geralmente baseada em sinais de rádio ou satélite.

Com o apoio dessa moderna tecnologia, gestores, gerentes e líderes de empresas têm a sua disposição um aparato informativo bastante completo sobre as condições dos veículos da frota e seus motoristas.

Por meio da telemetria, por exemplo, é possível avaliar a performance da máquina, com informações como:

  • consumo médio de combustível;
  • velocidade média e instantânea;
  • localização;
  • faixa de rotação do motor (RPM);
  • tempo de deslocamento;
  • tempo de parada;
  • distância percorrida;
  • acelerações repentinas;
  • frenagens bruscas;

Além desses itens, ainda é possível obter uma série de dados relacionados às condições de manutenção do veículo, como pressão e temperatura do óleo do motor.

Em resumo, a telemetria funciona como uma verdadeira central de controle dos veículos, avaliando uma gama variada de informações. É com base nelas que os líderes podem estabelecer ajustes na forma de utilização da frota, treinando melhor seus motoristas para reforçar a economia e prolongar a vida útil de cada um dos veículos.

O que é o rastreamento veicular?

Diferentemente do que ocorre com a telemetria, o rastreamento veicular tem como foco de trabalho o acompanhamento do veículo durante todo o seu trajeto. A função dessa tecnologia, então, é avaliar dados de posicionamento de modo a otimizar a performance dos deslocamentos da frota.

O rastreamento, em regra, é feito a partir de outras tecnologias de conexão, como a radiofrequência e a de GPS. Cada uma delas tem suas vantagens e desvantagens, cabendo a empresa optar por aquela que mais se adapta aos padrões de transporte realizados.

O rastreamento também é uma ferramenta bastante útil no dia a dia de empresas que necessitam gerenciar sua frota. Dados desse sistema, por exemplo, podem fornecer um panorama dos deslocamentos de um determinado veículo, identificando tempo em trânsito — evitando jornadas de trabalho excessivas —, paradas não programadas, possíveis problemas mecânicos, entre outras ocorrências que podem atrasar uma viagem.

Além disso, o rastreamento veicular é um item essencial no reforço à segurança dos transportes. Como o veículo é monitorado ativamente, 24 horas por dia, a identificação de situações de risco é muito mais rápida. Nos casos em que um carro rastreado saia da rota estabelecida ou fique parado por um longo período, a central de monitoramento terá como saber e agir rapidamente para averiguar tal situação.

Vale lembrar, ainda, que alguns sistemas de rastreamento permitem a comunicação com o motorista, que pode enviar sinais de alerta sobre alguma ocorrência. Desse modo, a central pode bloquear o funcionamento do veículo, cortando o fornecimento de combustível, por exemplo.

Rastreamento e telemetria veicular: quais as diferenças?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre cada uma dessas tecnologias, fica mais fácil encontrar pontos de distinção entre elas. No entanto, para facilitar um pouco mais, pontuaremos algumas das principais diferenças.

Inicialmente, a diferença básica entre rastreamento e telemetria veicular, como já foi possível perceber, são as funcionalidades de cada um desses recursos. Enquanto a telemetria tem um foco no levantamento de informações de uma forma mais aprofundada e robusta, o rastreamento está voltado para questões de posicionamento, apenas.

Por meio da telemetria veicular, o gerenciamento da frota ganha uma nova roupagem, já que os gestores poderão avaliar uma quantidade muito maior de variáveis sobre os veículos e os seus condutores. Esses dados, em grande medida, servem de base para melhorias na manutenção da frota, além de otimizar os custos operacionais envolvidos.

Funcionalidades interessantes da telemetria, como a avaliação da evolução dos motoristas, ajudam a empresa a gerenciar e educar melhor seus funcionários. Por meio de um sistema de pontuação, é possível visualizar os avanços de cada condutor e estimular melhorias na direção que afetam positivamente não somente os custos, mas também a segurança dos deslocamentos.

Além disso, a telemetria ainda é um elemento estratégico valioso, pois é capaz de gerar relatórios de desempenho, auxiliar na criação de rotas, emitir alertas de segurança e, principalmente, contribuir para a manutenção inteligente da frota.

Por sua vez, o rastreamento é a chave para que a sua empresa seja capaz de responder os seguintes questionamentos: onde estão meus veículos? Quais deles estão operando nesse momento? Por onde estão passando? Ou seja, o rastreamento é a base para a gestão das operações externas.

Painéis inteligentes fornecem informações atualizadas sobre a posição dos carros, aumentando a eficiência dos deslocamentos e a transparência em relação aos clientes que desejam acompanhar o percurso.

Por fim, o rastreamento e telemetria veicular, hoje, são um dos pilares das operações em empresas que necessitam gerir com mais qualidade e organização as atividades da sua frota. Ambas as ferramentas, quando utilizadas em conjunto, formam o aparato informativo de que todo gestor e líder necessita para conduzir as operações da empresa e embasar as tomadas de decisões de maneira totalmente precisa e segura.

Então, gostou deste post e se interessou por essas modernas soluções de gestão de frota? Dê mais um passo rumo ao sucesso! Entre em contato com a gente e conheça os diferenciais dos nossos serviços!

Fale com consultor


Logo Cobli

Cobli é uma empresa especializada em gestão de frotas que oferece um sistema capaz de fazer o rastreamento dos veículos, planejar rotas otimizadas, acompanhar o modo de condução dos motoristas, fazer a gerenciamento de combustível e o controle de manutenções. Com mais de um bilhão de quilômetros monitorados e presente em todos os estados brasileiros, a Cobli consegue gerar uma economia média de 300 reais por mês, por carro, além de ajudar o gestor de frotas a tomar as melhores decisões.
Conheça a Cobli e saiba mais sobre como nossos nerds podem te ajudar!

www.cobli.co
euquero@cobli.co
(11) 4508-0142

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *