Rastreamento de frota: os indicadores que você deve acompanhar

rastreamento-de-frota-em-tempo-real-todos-os-indicadores-que-voce-deve-acompanhar
Post atualizado em

Empresas que usam o sistema de monitoramento e rastreamento para administrar suas frotas têm um baita diferencial em relação às outras: elas possuem dados preciosos que podem ajudar um bocado em suas operações. São informações que vão desde quanto tempo um veículo levará para fazer o trajeto rumo à casa do cliente até quanto combustível ele consumirá nessa jornada – indo mais além, o nosso sistema oferece ainda uma nota baseada no modo de condução do motorista, mas esse é assunto para outro dia.

Imagine o impacto que dados assim podem trazer para qualquer negócio que conta com frota própria (lembre-se que os gastos com logística estão entre os mais altos para as companhias brasileiras). É por isso que, de uns anos para cá, o número de empresas que adotam soluções de monitoramento cresceu bastante.

 

Leia também:
As 8 principais dúvidas sobre rastreamento de frotas

 

Para quem não sabe, essa tecnologia é capaz de acompanhar o veículo desde o ponto de origem até o destino. Mais do que isso: consegue registrar todas as ocorrências durante a rota, como paradas, problemas mecânicos e excesso de velocidade. Na prática, o funcionamento de um sistema de rastreamento depende de um equipamento de GPS instalado no veículo. É ele que transmite a localização do automóvel, via satélite.

Com esses dados gerados pelo sistema, alguns de nossos clientes conseguiram feitos como:

Até aqui, tudo bem. Mas, afinal, quais indicadores essas empresas e gestores de frotas acompanharam para registrar resultados assim? Voltando ainda mais um pouco:

O que são “indicadores”?

Um indicador é uma medida relacionada às atividades da empresa. De um jeito simples, são os números que mostram os resultados do negócio. Eles são exibidos em tabelas e gráficos, para que seja possível demonstrar a sua evolução ao longo do tempo.

Os indicadores voltados para o gerenciamento de frotas têm como grande objetivo medir os resultados operacionais da operação, como a eficiência, os custos e a segurança.

Agora, vamos às respostas de nossa pergunta inicial: quais indicadores devem ser apurados pelo gestor?

Os indicadores de eficiência

asphalt automobile automotive 125514 1 1024x576 - Rastreamento de frota: os indicadores que você deve acompanhar

1. Gasto de combustível

Se você é gestor de frotas, sabe bem o quão alto pode ficar o gasto com o abastecimento de veículos. Então, faz sentido você acompanhar de perto esse número, antes de tudo, para controlar a evolução da despesa nas idas ao posto de gasolina.

Num segundo momento, é importante acompanhar esse indicador e compará-lo com a média de consumo estabelecida pela montadora do automóvel. Alguns fabricantes fornecem, no manual do equipamento, uma tabela com os valores explícitos por modelo.

Assim, você consegue identificar carros e caminhões que estão performando abaixo do padrão. Não só isso, como também ter nas mãos informações precisas para apurar qualquer desvio de combustível ou mesmo trajetos incorretos seguidos pelos motoristas no dia a dia da operação. Tem mais. O controle do gasto de combustível, bem como da quilometragem por rota, é fundamental, pois tem relação com o desgaste de pneus e demais componentes do carro.


Você também pode se interessar por:

Tabela de frete da ANTT: o que está acontecendo agora?

 

2. Utilização da frota

Intervalos durante o trabalho e paradas para carga e descarga são eventos normais em operações logísticas. Contudo, é preciso monitorar o comportamento do motorista para que o tempo de ociosidade não atrapalhe a operação.

Com o sistema de rastreamento, é possível observar se o motorista desvia da rota determinada ou acaba usando o veículo para fins pessoais. Há, ainda, a função que estabelece cercas eletrônicas e caso o condutor ultrapasse esse perímetro, o operador do software será notificado.

3. Retorno do veículo vazio

Eis uma situação bastante comum em transportadoras: mesmo com extenso planejamento do itinerário, os veículos voltam para o armazém ou centros de distribuição vazios.

Essa situação acaba resultando numa porção de custos extras, desde com combustível até manutenção e seguro. E o pior: não gera receita alguma. Portanto, pode-se dizer que, quando o veículo retorna vazio, na verdade, a empresa está tendo prejuízo.

Os indicadores de segurança

adventure baltic sea car 21014 1 1024x683 - Rastreamento de frota: os indicadores que você deve acompanhar

Garantir a segurança de veículos, motoristas e carga é um grande desafio na percepção de boa parte dos gestores de frotas que conhecemos. O nível de criminalidade e de acidentes nas estradas do país pode deixar muito operador logístico acordado à noite.

 

Por isso, é fundamental que o gestor tenha uma visão ampla de todo o processo para identificar e minimizar as principais ameaças à operação. Como?

  • Planejando e variando as rotas;
  • Conhecendo bem os pontos de paradas;
  • Mantendo informações de carga e trajeto em sigilo;
  • Evitando dar carona a estranhos;
  • Estacionando em lugares seguros para descansar;
  • Ficando atento nos arredores dos locais onde recebe e entrega a carga, pois são nessas regiões em que geralmente ocorrem o maior número de abordagens para o roubo;
  • Evitando viajar durante a noite.

Incidência de multas

No caso de carros que pertencem a empresa, é preciso controlar o número de multas e quais são as infrações cometidas pelos motoristas. Essa apuração ajuda a identificar os infratores responsáveis e a catalogar os gastos decorrentes de multas.

Como parte de uma política preventiva, pode-se desenvolver treinamentos e campanhas de conscientização para evitar que os condutores tornem-se reincidentes.

Número de acidentes

É possível aprofundar ainda mais o estudo das multas e identificar as infrações que resultaram em prejuízos ainda maiores, como é o caso de acidentes no trânsito. Além do número de ocorrências, deve-se observar os gastos com reparos e o custo de manter o veículo parado por períodos prolongados enquanto consertos são realizados.

Número de veículos danificados durante uso

É natural que máquinas e equipamentos apresentem defeitos durante a sua operação. Carros, motos e caminhões estão sujeitos ao mesmo problema quando estão em constante utilização.

Por isso, é preciso destacar que um veículo quebrado não tem, necessariamente, relação com direção imprudente ou com acidentes. Esse é um caso específico que pode ser causado por mau uso, falta de manutenção e excesso de peso.

Por fim, a principal vantagem da análise de indicadores é a sua capacidade de manter a empresa competitiva por meio da elaboração de relatórios e o estudo de seus resultados. A mesma lógica serve para o processo de rastreamento de frota, que visa a melhoria contínua das atividades.

 

 

Acesse nosso site, veja como a gente pode te ajudar!

Rastreamento de Frota

 

logo cobli icone 20 - Rastreamento de frota: os indicadores que você deve acompanhar

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta veículos à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

Cobli

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim1
Não0
Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *