Projeto de análise de modo de condução de motoristas vence prêmio de logística

Projeto de análise de modo de condução de motoristas vence prêmio de logística
Compartilhe esse conteúdo:

Cobli ganha prêmio de logística

Rodrigo Mourad, sócio da Cobli recebendo Prêmio Painel Logístico Senai 2017

A Cobli – startup paulistana especializada em gestão de frotas, telemetria e roteirização – ganhou o Prêmio Painel Logístico Senai 2017, na categoria “Automação, Tecnologia da Informação e Novas Tecnologias”, com uma ferramenta de identificação e classificação​ ​do​ ​modo​ ​de​ ​condução​ ​do​ ​motorista​. O projeto foi desenvolvido depois que a empresa conversou com centenas de frotistas coletando dados quantitativos e qualitativos sobre a operação e identificou problemas comuns e específicos.

A ferramenta consegue avaliar o modo de condução dos motoristas por meio de um dispositivo conectado da mesma forma de um pen-drive na porta OBD-II dos veículos (local onde os mecânicos conectam o scanner para fazer o diagnóstico do carro). Dentro desse equipamento, além de ter acesso a informações do carro como RPM, temperatura do motor, entre outros dados, componentes avançados como GPS e acelerômetro de 9 eixos permitem que a startup mensure com precisão a velocidade, localização, acelerações e frenagens bruscas, e curvas acentuadas de todos os veículos dos seus respectivos parceiros e clientes.

Para garantir a qualidade dos dados a empresa utiliza técnicas de Processamento de Sinais e Aprendizado de Máquina. Tudo é colhido em tempo real e enviado e armazenado nos servidores da empresa, permitindo que a mesma leia os dados, transforme-os em informação e gere valor para gestores de frotas.

O nosso algoritmo consegue usar o modo de direção do motorista como uma “digital”. Ele funciona mais ou menos como o aplicativo Shazam que identifica músicas tocando no ambiente. Nós o utilizamos para saber que veículo quem é o motorista que está dirigindo determinado veículo e criar seu perfil de condução”,  explica Rodrigo Mourad, sócio da Cobli.

Ainda de acordo com Mourad, a partir da análise do modo de condução de cada condutor, são identificados comportamentos agressivos que aumentam o consumo de combustível, custos de​ ​manutenção​ ​e​ ​risco​ ​de​ ​acidentes​. As principais variáveis analisadas são: acelerações excessivas, frenagens bruscas, curvas acentuadas e velocidade acima do limite.

“A cada uma dessas variáveis são atribuídos graus de intensidade: leves, médios e graves. Dessa forma, conseguimos atribuir uma nota de condução para cada condutor, tornando mais fácil prevenir acidentes e diminuir custos com combustível e manutenção“, afirma Rodrigo.

Prêmio

A III edição do Prêmio Painel Logístico Senai – Morvan Figueiredo 2017, que se tornou referência no mercado logístico, aconteceu em São Paulo e teve  por objetivo reconhecer, através de um comitê técnico, os melhores projetos elaborados pelos  principais embarcadores do Brasil.

No evento foram reconhecidos também os melhores “CASES” de logística das turmas avançadas do Senai.

Além dos premiados, foram homenageados alguns parceiros do prêmio nesta III edição, como : Grupo GPA, Nestlé, DHL, Ambev, entre outros.

 

Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar!


Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta carros à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

www.cobli.co

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim0
Não0

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *