Por que investir em uma frota ecológica?

Por que investir em uma ecofrota?
Post atualizado em

Por muito tempo, a exploração dos recursos naturais constituía somente um meio para que as grandes corporações obtivessem sua rentabilidade. Essa exploração seguiu por séculos, desde o princípio da Revolução Industrial.

Essa era uma realidade comum para empresas mineradoras, exploradoras de petróleo e combustível e do ramo madeireiro. Contudo, hoje há uma grande pressão para que as indústrias sejam responsáveis pelo dano que causam e busquem adaptar sua operação para reduzir o impacto negativo na natureza.

Um dos termos mais relevantes e constantes nesse contexto é a sustentabilidade. Essa palavra representa a capacidade de atender as necessidades humanas atuais sem comprometer os recursos necessários para as próximas gerações.

Uma das medidas que podem ser adotadas é o investimento em uma ecofrota, voltada para a utilização de veículos cada vez menos poluentes, porém aumentando o desempenho e preservando o meio ambiente.

Qual é o conceito de ecofrota?

A palavra frota pode se referir a caminhões pesados para o transporte de cargas, ônibus para o transporte de pessoas e ainda carros de passeio. Essa variedade de veículos aumenta as possibilidades de utilização e economia.

O conceito de uma frota ecológica expande as características dos veículos para além do simples transporte de cargas e pessoas de uma localidade a outra. Seu propósito passa a constituir medidas para garantir formas de proteger o meio ambiente ao mesmo tempo em que permite que as corporações continuem em operação.

Para investir em uma ecofrota, os gestores devem analisar os três pilares que compõe esse tipo de projeto:

  1. ambiental: avaliar a geração de impacto positivo no meio ambiente, redução do consumo de combustível e emissão de gases poluentes;
  2. social: gera resultados para a sociedade como um todo e fomenta a ampliação do uso desse tipo de tecnologia. É preciso impulsionar as áreas de pesquisa para popularizar a utilização de recursos sustentáveis a preços igualmente acessíveis;
  3. econômico: esse ainda é um investimento que precisa converter-se em economia de recursos para a operação das empresas e instituições.

Tais propostas se baseiam em reduzir o uso de combustíveis, garantir a segurança dos profissionais e passageiros envolvidos e ter reflexos favoráveis no meio ambiental.

Quais são os benefícios de uma frota sustentável?

Quando os recursos naturais são limitados, é preciso adotar estratégias capazes de preservá-los e incentivar práticas sustentáveis. Os benefícios obtidos com a implantação de soluções inovadoras tornam esse tipo de investimento mais atrativo para as empresas. Com a incorporação de sustentabilidade em seus negócios os principais resultados são:

  • promove a redução de custos com abastecimento e manutenção de veículos, fator que consome elevados recursos em empresas transportadoras;
  • possibilita a diminuição a emissão de gases de efeito estufa (GEE) que são liberados pela queima de combustíveis dos motores;
  • aumento da eficiência produtiva com base em propostas para minimizar o impacto ambiental;
  • adequação dos processos com o intuito de antecipar o aumento da pressão para criação de regulamentação para o setor, estabelecendo penalidades para empresas infratoras;
  • disseminação da utilização de biocombustíveis, como o etanol.

Como implantar uma ecofrota?

As empresas que atuam com transportes de cargas têm potencial para se beneficiarem com as mudanças propostas pela adesão a uma ecofrota. Contudo, outros setores podem ter resultados positivos com essas transformações, em especial o de transporte público, transporte de gêneros alimentícios do campo para os centros urbanos e a construção civil.

Um dos primeiros passos a serem seguidos para implantar um projeto de frota ecológica é a construção de uma cultura de prevenção de riscos ambientais — desde a equipe de gestão, até operários e motoristas devem estar conscientes da importância e participarem dos novos processos.

Além disso, é preciso atuar para a obtenção de licenças e a adesão às normas regulatórias vigentes.

Essa prática pode ter impacto em toda a cadeia, não somente na empresa transportadora. Uma prática comum é a inclusão de cláusulas contratuais tanto para fornecedores como para os clientes, que preveem a padronização de medidas que orientam sobre a responsabilidade social e ambiental.

É preciso considerar alguns aspectos ao investir em uma ecofrota. Veja abaixo.

1. Adoção de pneus ecológicos

Também chamado de pneu verde por suas características imprescindíveis em relação a preservação do meio ambiente. Esse tipo de aro de borracha reduz consideravelmente a utilização de petróleo em sua composição e emprega a sílica para gerar um produto menos poluente e mais durável.

Em se tratando de performance, a diferença para os pneus convencionais é mínima, enquanto as vantagens são mais relevantes, como:

  • redução de 5% no consumo;
  • diminuição de até 15% na emissão de gás carbono;
  • maior durabilidade;
  • menor incidência de ruídos;
  • maior segurança e aderência em pistas molhadas.

2. Utilização de veículos ecológicos

Os carros híbridos são uma novidade que têm atraído muitos usuários adeptos por suas características sustentáveis e econômicas. Seu funcionamento inclui um motor a combustão e inova com a utilização de outro propulsor movido a energia elétrica.

A principal economia pode ser sentida pelo motorista no momento de abastecer, pois os veículos híbridos consomem até 50 % menos combustível, em comparação com os carros convencionais.

Os carros inteiramente elétricos também estão entre as inovações que promovem um futuro mais sustentável. Nesse caso, a necessidade de combustível foi eliminada em função do uso da energia elétrica. Além da característica limpa, o desempenho e o aumento da potência também são favoráveis para a empresa.

O Brasil já possui esse tipo de carro, porém em caráter experimental, pois há necessidade de implantar a infraestrutura necessária para “recarregar a bateria”.

A Ecofrota pode ser usada como ferramenta de gestão?

Economia em combustível, redução dos gastos manutenção e maior durabilidade dos veículos são fatores importantes que ajudam empreendedores a optarem por investir em uma ecofrota.

Porém, é preciso transformar cada um desses indicadores e quantificar os resultados em forma de recursos poupados. Por essa razão, o gerenciamento das frotas deve contar com ferramentas capazes de fornecer gráficos e tabelas para consulta dos ganhos obtidos.

O acompanhamento do consumo de combustível, por exemplo, deve contar com indicadores de abastecimento que relatem fatores como o preço por litro, rota adotada e a quilometragem percorrida durante o trajeto.

É preciso que essas informações estejam disponíveis para dar suporte a tomada de decisão, avaliar a estratégia da empresa e identificar oportunidades de investimento e melhoria.

A cada dia o desenvolvimento de tecnologias capazes de aliar evolução e a preservação dos recursos naturais se tornam mais populares e projetam mudanças na sociedade. Investir em uma ecofrota é uma das maneiras para que empresários possam ter papel ativo no aumento da qualidade de vida tanto hoje, como para o futuro. Por isso, é necessário estimular a pesquisa e consciência de cuidado com a natureza.

Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar!

Monitoramento de Frota

logo cobli icone 20 - Por que investir em uma frota ecológica?

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta veículos à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

Cobli

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim0
Não0
Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *