OBDII: Como posso acessar os dados dos veículos?

OBDII: Como posso acessar os dados dos veículos?
Post atualizado em

Como foi abordado no texto “OBDII: O que são os chamados protocolos OBD?“, os veículos modernos possuem uma entrada onde um aparelho é capaz de extrair informações em tempo real do automóvel.

A questão é: como acessar essas informações? Simples: com estes tais aparelhos que acabei de citar. Muitas vezes eles podem ser um scanner, um dispositivo bluetooth que conecta com um aplicativo instalado no celular (como o Torque para Android) ou até mesmo um dispositivo com um chip telefônico instalado, capaz de enviar estes dados ao vivo para um servidor, que trata essas informações e disponibiliza para o usuário, como é o caso da Cobli e seu OBDII que traz a internet das coisas (IoT) para seu veículo.

Se você for do tipo curioso (como eu), um dispositivo bluetooth pode ser encontrado na internet por um preço bem acessível. Você pode plugá-lo no seu veículo, parear com seu smartphone e se divertir com os dados que forem disponibilizados pelo protocolo! Dá até para resolver algum problema, identificando um erro de diagnóstico e trocando alguma peça defeituosa. Mas é claro: só se você tiver as ferramentas e a conhecimento para isso, senão, deixe esse trabalho com um mecânico especializado para evitar maiores dores de cabeça.

Um ponto que você deve ter em mente quando quiser acessar os dados do seu veículo é a “entrada” dele. Aquela que falamos no terceiro texto da série, lembra?. Então…é necessário estar atento porque muitas montadoras não adotaram desde o início o padrão J1962 (trapezoidal de 16 pinos). Um exemplo é a Iveco, com a 35S14, que até o ano de 2013, era necessário utilizar um cabo adaptador que transforma a entrada não usual da Iveco em uma comum J1962, para realizar a conexão e acessar os dados da VUC.

Cobli

Não poderíamos terminar essa série de textos sem fazer uma menção à Cobli, afinal, desenvolvemos um sistema de gestão de frotas e todos os dados que fornecemos aos nossos clientes, são graças ao OBDII. Então, essa é uma de nossas especialidades!

O dispositivo utilizado na Cobli é amplamente utilizado por empresas que optam pelo gerenciamento de sua frota veicular. Por ser um dispositivo com a entrada J1962, basta conectar no carro (com o cabo adaptador, se precisar) e sair usando. Este dispositivo envia tudo via rede celular e nossos engenheiros de software e seus algoritmos decodificam tudo e disponibilizam de uma forma inteligente no nosso painel!

Esperamos que essa série sobre o OBDII tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre o dispositivo e tudo o que ele é capaz de fazer.

Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar!

Telemetria Veicular

 

logo cobli icone 20 - OBDII: Como posso acessar os dados dos veículos?

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta veículos à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

Cobli

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim7
Não1
Compartilhe esse conteúdo:

2 thoughts on “OBDII: Como posso acessar os dados dos veículos?

  • Orlando

    Olá boa tarde tenho um gol 2001 mutiponto, comprei um mine scanner o tal 327 mine universal, mas não consegue ler a central, le os protocolos mas não estala, tenho 66anos mas istou como uma criança, preciso de ajuda, pois, estou a um mês tentando, estou ficando desequilibrado, se alguém puder me ajudar eu fico muito grato.

    Responder
    • Pedro Lion

      Boa tarde Orlando!
      Existem apps que conectam com o bluetooth do celular e fazem a conexão com a ECU do veículo. Se você já tiver feito este passo, pode ser que o dispositivo que você adquiriu não tem a capacidade de leitura do protocolo, uma vez que o carro é mais antigo. No texto anterior eu trato isso com mais detalhes.
      Caso realmente não seja possível por meio do seu dispositivo, aconselho a visitar uma oficina que possua o Scanner apropriado!

      Boa sorte e conte conosco para ajudar em qualquer outra dúvida!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *