Entenda como a tecnologia é aplicada na logística colaborativa

entenda-como-a-tecnologia-e-aplicada-na-logistica-colaborativa
Compartilhe esse conteúdo:

Você sabe o que é logística colaborativa e por que esse conceito vem ganhando cada vez mais destaque nas empresas? Forte tendência para os próximos anos, a adoção dessa estratégia tem se mostrado extremamente vantajosa para uma série de diferentes organizações.

Para quem deseja reduzir os custos e os desperdícios relacionados com a sua cadeia operacional, esse tipo de logística pode ser de grande ajuda. Entretanto, para que seja possível otimizar os resultados ainda mais, é importante utilizar a tecnologia para a adequada implementação dessa estratégia.

E foi pensando justamente nisso que elaboramos este artigo, para mostrar como a tecnologia pode ser aplicada na logística colaborativa. Continue a leitura e confira. Não perca!

O que é a logística colaborativa?

Basicamente, trata-se de uma abordagem que visa, como o próprio nome sugere, construir uma colaboração voltada para o alcance de avanços e melhorias em relação aos processos logísticos de empresas que atuam numa mesma área;.

Para que essa colaboração seja a mais efetiva possível, é preciso desenvolver parcerias de negócios que envolva a empresa, os concorrentes, os fornecedores, os prestadores de serviços e os distribuidores.

Assim, o que antes era um paradigma, hoje já foi superado por muitos gestores e empresários. Estamos nos referindo, às ações conjuntas entre os concorrentes, o que até bem pouco tempo era algo que nem sequer era cogitado.

No entanto, a logística colaborativa está contribuindo para uma nova perspectiva quanto a isso, permitindo que diversas organizações otimizem seus processos e aumentem a sua participação no mercado com “a ajuda” da concorrência.

Isso ocorre por que ao adotar esse modelo colaborativo, elas deixam de atuar de forma isolada para atuar em grupo, onde todos os participantes saem ganhando “alguma coisa” em termos de resultados.

Quais são as suas principais características?

Quanto às características da logística colaborativa, a principal delas é apoiada na interação e no diálogo entre os “agentes” de uma mesma área de atuação, aqueles ao qual nos referimos no parágrafo anterior (empresa, concorrentes, fornecedores etc).

Outro aspecto a salientar é o fato de que essa estratégia promove uma comunicação estruturada com foco principal de assegurar que todos os envolvidos cresçam e se apóiem, compartilhando as melhores práticas de distribuição, conciliando demandas e ampliando o seu poder de compra e venda e de negociação em geral.

Para ilustrar, imagine a união de duas empresas para a otimização do transporte de um determinado processo. Uma das ações poderia ser transportar a mercadoria de uma durante a viagem de ida e, depois de entregar a mercadoria da primeira, trazer a mercadoria da outra durante a volta. E essa é só uma alternativa, pois o potencial de aplicabilidade da logística corporativa é infinito.

Agora pense na economia que essa parceria poderia gerar para as organizações envolvidas. Isso é logística colaborativa na prática.

Por que esse modelo é considerado uma tendência?

Sim. Vamos falar um pouco sobre os motivos que fazem da logística colaborativa uma tendência. Nesse contexto, a primeira observação a se fazer é que, em meio a uma competição de mercado cada vez mais agressiva, é preciso considerar alternativas nem sempre comuns e estar disposto a mudar quando necessário.

E é por isso que muitos gestores já começaram a perceber que uma das melhores estratégias para desenvolver o negócio é unindo forças com outras empresas.

Porém, os fatores mais determinantes para essa consideração de tendência são os benefícios que a logística colaborativa pode trazer. Conheça os principais logo a seguir.

Redução de custos

Indiscutivelmente uma de suas principais vantagens, a redução de custos poderá ser obtida não apenas nas atividades de transporte dos produtos, mas também de armazenamento.

No transporte, a colaboração pode evitar que os caminhões trafeguem vazios, incluindo-se nesse grupo as cargas fracionadas.

Já no armazenamento, a redução de custos é normalmente associada ao compartilhamento de espaço e estrutura do armazém. Caso uma empresa tenha espaço ocioso, poderá oferecê-lo para outra.

A condição para essa parceria vai depender das necessidades de cada empresa envolvida, sendo a troca de serviços bastante normal.

Mais eficiência

Devido à maior flexibilidade que a logística colaborativa proporciona, geralmente há um aumento de eficiência operacional, dependendo entretanto das necessidades e particularidades de atuação da empresa.

Todavia, é certo que problemas como atrasos, o não preenchimento de todo o compartimento dos caminhões e os fretes (condições que costumam implicar prejuízos para o negócio) serão substancialmente reduzidos ou até mesmo eliminados.

Fortalecimento da cadeia de suprimentos

Outro benefício é o fortalecimento da cadeia de suprimentos, já que a logística colaborativa, além de melhorar os processos logísticos de maneira geral, traz benefícios para cada um dos integrantes da parceria.

Com isso, criam-se novos serviços de modo a solidificar os procedimentos desse setor, colaborando, assim, para o aumento da competitividade de cada parceiro.

Como a tecnologia se aplica à logística colaborativa?

Finalmente, vamos agora às tecnologias que podem ser aplicadas na logística colaborativa. De forma clara e objetiva, as aplicações mais relevantes são:

  • cloud computing (computação em nuvem) – tecnologia que permite a integração de dados das diferentes fontes, sistemas ou ferramentas de controle, independentemente da quantidade existente;
  • logística 4.0 – conceito que também corresponde a uma integração, mais precisamente dos processos relacionados às atividades do setor;
  • softwares específicos de gestão logística.

Especificamente quanto ao último ítem, é valido ressaltar que ao utilizar um software desenvolvido exclusivamente para o gerenciamento logístico da sua empresa, você terá acesso a recursos importantes e fundamentais para o aprimoramento do negócio, como:

Para concluir, vale salientar que o meio ambiente também tem a ganhar com a aplicação desse modelo, pois ele ajuda a diminuir o volume total de veículos nas ruas. Como consequência, há uma redução com o gasto de combustível e com a emissão de poluentes, além das melhorias no trânsito, claro. Afinal, quanto menos carros e/ou caminhões nas estradas, melhor é o tráfego.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre a relação entre logística colaborativa e tecnologia. Quer saber mais? Então que tal conhecer a nossa solução? Entre em contato conosco agora mesmo e descubra como podemos contribuir para a otimização dos resultados do seu negócio.


 

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta carros à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

www.cobli.co

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim0
Não0

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *