Como o monitoramento veicular pode evitar o roubo de cargas?

Compartilhe esse conteúdo:

O processo de gestão de frotas é composto por diversas atividades importantes para o controle da produtividade. Entre elas, está o monitoramento veicular, que atua como uma das formas de garantir a segurança tanto de um patrimônio de alto valor como de uma carga.

Os empreendedores que se interessam pelo mercado de transporte rodoviário devem estar cientes dos riscos inerentes a esse tipo de negócio. Independentemente do tipo de frota utilizada pela sua empresa — caminhões, veículos utilitários ou motos —, o gestor deve estar prevenido.

Por isso, é preciso compreender que a contratação de serviços de rastreamento de frota não é somente um diferencial, mas constitui uma necessidade que não pode ser subestimada.

Pensando nisso, este texto tem o objetivo de expandir seus conhecimentos sobre os recursos de monitoramento veicular e esclarecer suas dúvidas. Então, continue com a leitura e saiba mais!

A realidade das estradas brasileiras

O roubo de cargas é uma modalidade de crime que se encontra em vasto crescimento no Brasil. Estudos revelam que, entre os anos de 2011 e 2016, o número de incidentes nas estradas atingiu aproximadamente 98 mil casos.

prejuízo total para as empresas chegou a R$ 6,1 bilhões, e a lista de estados mais perigosos inclui Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo. Sendo que os dois últimos acumulam 87,8% dos casos denunciados e lideram o ranking.

Tanto fabricantes quanto transportadoras preocupam-se com o impacto financeiro dessa situação e com o alto nível de insegurança nas estradas. Além disso, os consumidores também podem ser afetados, pois os custos são embutidos nos preços e encarecem os produtos.

Com esse cenário de violência, uma das alternativas disponíveis para minimizar os custos e evitar prejuízos e perda de ativos da frota é investir em ferramentas capazes de localizar o veículo roubado ou, melhor ainda, de prevenir que o incidente aconteça.

O papel da tecnologia

Os últimos anos têm sido primordiais para democratizar o acesso a recursos tecnológicos que tornam o transporte de cargas mais seguro. Um desses instrumentos é conhecido como GPS, cuja sigla significa Global Positioning System ou, em português, Sistema de Posicionamento Global.

A redução dos preços, tornando-os cada vez mais acessíveis, e os sistemas de gestão simplificados permitiram que, até mesmo, pequenos empreendedores tenham condições de investir nessa tecnologia sem comprometer sua saúde financeira.

Com isso, é possível localizar o veículo e a carga em qualquer ponto. Além da transportadora, essa informação pode ser repassada para os clientes que desejam acompanhar o andamento da entrega.

Com o atual cenário de violência e roubo de cargas nas estradas, a cada dia se faz necessário recorrer a medidas que aumentem a segurança. O impacto econômico desse tipo de ocorrência também é significativo, pois, como citado, representa perda de mercadorias, atraso de entregas e retrabalho para substituir os produtos perdidos.

Os desafios enfrentados pelos empreendedores

O ramo de transportes tem um importante papel na economia nacional, tanto no planejamento estratégico quanto para operacionalizar a distribuição de mercadorias. Para inibir a ação de quadrilhas especializadas, as empresas do setor de transportes precisam investir em plataformas de rastreamento cada vez mais abrangentes e instalar mecanismos que impossibilitem as tentativas de roubo.

Uma das opções mais utilizadas é a aquisição de apólices de seguro, tanto para a frota como para a carga. Em muitos casos, as seguradoras incentivam os clientes a investir em equipamentos de rastreamento para aumentar as chances de recuperação do veículo e da carga transportada.

Por outro lado, existem empresas que exigem que o veículo utilitário, por exemplo, seja rastreado para que o seguro possa ser contratado. Essa medida busca combinar as duas formas de garantia para cobrir mais possibilidades.

Em caso de sinistro motivado por roubo, a primeira ação é acionar as autoridades competentes para auxiliar na busca e na recuperação do patrimônio em perfeito estado. Somente após esse processo é que medidas corretivas são executadas, e o ressarcimento é realizado conforme as cláusulas contratuais. Assim sendo, é mais aconselhável garantir a segurança em todos os cenários e evitar maiores danos e prejuízos.

A solução oferecida pelo monitoramento veicular

Os softwares de rastreamento mais modernos contam com diversas funcionalidades que adicionam mais segurança durante o trajeto e permitem maior visibilidade do processo. Entre as opções estão:

  • localização de carros e caminhões em tempo real;
  • registro dos pontos de parada;
  • possibilidade de manter a velocidade constante;
  • identificação de acelerações e frenagens bruscas;
  • controle do consumo de combustível;
  • fornecimento de relatórios sobre o comportamento dos motoristas no trânsito;
  • verificação da intensidade do tráfego nas regiões incluídas na rota de entrega.

Além das ferramentas descritas para o acompanhamento do trajeto, existem precauções que podem ser tomadas em caso de emergência, a fim de proteger o motorista e a carga. Sensores que podem ser instalados para o travamento das portas da cabine e da carroceria, sistemas que bloqueiam a ignição do motor remotamente e botão de pânico estão entre as opções oferecidas por empresas especializadas.

A ampla utilização de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, e o acesso à internet contribuem para a criação de aplicativos para monitorar os carros. Essa possibilidade fornece mobilidade para que o gestor possa controlar o andamento das entregas de qualquer lugar.

No país, o mercado de rastreamento de veículo, assim como o de cargas, tem potencial para continuar a crescer nos próximos anos. Em especial, as tendências destacam que as transportadoras de pequeno porte ou que utilizam frotas leves buscam tecnologias acessíveis.

Sua participação no mercado atua para estimular a economia e proporciona o desenvolvimento de sistemas customizados para diversas aplicações e necessidades. Como resultado, é possível focar na segurança, identificar oportunidades de melhoria na frota e aumentar o desempenho.

Rastreamento de frota como ferramenta de gestão

O planejamento da rota, a contratação de seguros e o constante treinamento dos motoristas são medidas significativas que contribuem para diminuir as chances de roubo de cargas.

Contudo, a aplicação de tecnologias de monitoramento veicular tem se provado eficiente ao exercer um controle tanto preventivo quanto corretivo. Parte das suas atribuições é acompanhar o deslocamento da carga. Por outro lado, também é possível identificar comportamento suspeito e auxiliar na recuperação dela. Essa flexibilidade constitui uma grande vantagem para o negócio e tem potencial para melhorar os resultados.

Acesse nosso site, descubra nossas soluções personalizadas e como a gente pode te ajudar!


 

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta carros à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

www.cobli.co

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim1
Não0

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *