Como colocar seu cliente em primeiro lugar

priorizar o cliente
Compartilhe esse conteúdo:

Falando com centenas de nossos parceiros e clientes, em diferentes tipos de indústrias ao redor do Brasil, percebemos que todos têm uma coisa em comum: Eles não querem, necessariamente, o produto em si – no nosso caso, um sistema de monitoramento de frotas. O que eles realmente querem é visibilidade da operação para poder servir melhor os seus clientes, além de reduzir custos operacionais.

Sabemos que a mesma situação se repete com o nosso roteirizador. O que eles querem de verdade é planejar bem o dia para maximizar o “valor” entregue aos seus clientes e poupar horas, para poder executar outras tarefas de valor dentro da empresa.

Tarefas a serem cumpridas – Jobs to be Done (JTBD)

Entendendo isso, e sempre em busca de tentar sempre focar nas necessidades dos nossos parceiros, nós aqui na Cobli, usamos um conceito chamado “Jobs to Be Done” ou, em português, “Tarefas a Serem Cumpridas“, que é uma teoria criada por um professor na Harvard Business School.

Uma “Tarefa a Ser Cumprida” pode ser interpretada como: “O progresso que o cliente quer trazer na vida dele por contratar o seu produto ou serviço”. Ou seja, o cliente não se importa com o seu produto ou serviço. O que ele quer é resolver os problemas dele e ponto. Pode parecer muito radical falar isso, mas quando admitimos a situação somos quase que forçados a sempre colocar o seu cliente em primeiro lugar.

Um jeito de entender esse conceito de uma forma mais simples e clara é pensar em exemplos como:

“Pessoas não querem comprar uma broca de 5 mm. Eles querem um furo de 5 mm”.

Então, uma pessoa poderia comprar uma broca…

Priorizar o cliente

…mas o que essa pessoa realmente quer é colocar um quadro para impressionar a visita, por exemplo.

Priorizar o cliente

Pensando dessa forma temos o resultado desejado (impressionar) e a solução (broca e furo).

Usando essa linha de raciocínio, conseguimos perceber que há outras soluções para o mesmo problema. O cliente poderia comprar, por exemplo, uma fita super forte e atingir o mesmo resultado.

Por isso, no nosso dia-a-dia na Cobli, tudo o que fazemos é pensando nestas necessidades do cliente e não no nosso produto.

História do Cliente

Sabemos que o cliente é o rei e o nosso produto só existe para servi-lo. Por isso, quando desenvolvemos uma nova funcionalidade na Cobli, sempre criamos uma “História do Cliente” para que toda a nossa equipe técnica esteja alinhada com suas necessidades.

O importante é pensar em frases que o cliente diria e, de fato, criar uma história. O formato da “História do Cliente” deve seguir o seguinte modelo:

Priorizar o cliente

Abaixo segue um exemplo de uma “História do Cliente” que acabamos de criar. Para desenvolvê-la pensamos em algo que o nosso cliente pediria para nós, com o objetivo de melhor atender o cliente dele:

“Quando um cliente me liga pedindo um serviço urgente, eu quero saber qual veículo vai chegar mais rápido, para que eu possa mandá-lo e deixar o meu cliente satisfeito.”

Quando

Quando um cliente me liga pedindo um serviço urgente…”

Falando com parceiros, percebemos que muitos de vocês lidam com clientes que ligam a qualquer horário do dia pedindo um serviço urgente. Imagine, por exemplo, alguém ligando para uma empresa de ambulâncias, chorando, e pedindo um médico o mais rápido possível, ou até alguém ligando para uma empresa de controle de pragas, gritando de medo porque descobriu um infestação de pragas.

Os clientes não querem saber de nada. Querem o seu serviço agora mesmo, certo?

Eu quero

“…eu quero saber qual veículo vai chegar mais rápido…”

Sabemos que muitos parceiros já estavam usando o sistema Cobli para ver quem estava geograficamente mais próximo, o que já é um grande avanço comparado a ter de ligar para todos os motoristas para saber onde estão.

Mas também sabemos que o que vocês querem não é necessariamente quem está mais próximo do local, e sim, quem vai chegar mais rápido. Então, para fazer uma análise mais aprofundada disso, tivemos que incluir outras variáveis no sistema, como trânsito.

Para que eu possa

“…para que eu possa mandá-lo e deixar o meu cliente satisfeito.”

No final das contas, o que você quer é um cliente feliz. E nós aqui na Cobli queremos que vocês, os nossos clientes, estejam felizes também. 🙂

A Solução

Pensando em vocês e seus clientes, decidimos desenvolver uma solução que permite que você saiba quais dos seus veículos vão poder chegar o mais rápido possível para o seu cliente!

Basta buscar o endereço do seu cliente (ou qualquer outro endereço) na barra de busca e clicar no botão “Previsão de Chegada”. Uma outra opção seria clicar no mesmo botão, só que na aba lateral de carros, no mapa.

Priorizar clientes

 

Com isso, fornecemos uma análise com dados do Google para dizer qual é o tempo estimado que seu veículo levaria para chegar em determinado local, e assim, você pode atender melhor os seus clientes, deixando-os mais satisfeitos.

Priorizar clientes

Quer bater um papo sobre as necessidades dos seus parceiros e como usar “Tarefas a Serem Cumpridas” ou “Histórias de Cliente” para colocar o seu cliente sempre em primeiro lugar? Mande um email para mim (tobin@cobli.co)!

____________________________________________________

A Cobli é uma empresa especializada em gestão de frotas que oferece um sistema capaz de rastrear os veículos, planejar rotas otimizadas, acompanhar o modo de condução dos motoristas e fazer a gestão de combustível. Com mais de um bilhão de quilômetros monitorados e presente em todos os estados brasileiros, a Cobli consegue gerar uma economia média de 300 reais por mês, por carro, além de ajudar o gestor de frotas a tomar as melhores decisões.

Conheça a Cobli e saiba mais sobre como nossos nerds podem te ajudar!

www.cobli.co
euquero@cobli.co
(11) 4933-7776
_______________________________________________________

Summary
Como colocar seu cliente em primeiro lugar
Article Name
Como colocar seu cliente em primeiro lugar
Description
É preciso colocar o cliente em primeiro lugar e pensar no progresso que ele quer trazer na vida dele por contratar o seu produto ou serviço.
Author

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *