Caso Vivante: Como deixar seus clientes e funcionários mais felizes

vivante blog - Caso Vivante: Como deixar seus clientes e funcionários mais felizes

Vivante
Fundação: 1998
Localização: sede em São Paulo, atendimento em todo território nacional
Atuação: facilities, manutenção e gestão de utilidades

Neste post, você verá como a Vivante conseguiu com a gente:

  • Ganhar 3 horas por dia de eficiência por equipe;
  • Aumentar a satisfação de clientes e funcionários;
  • Reduziu o consumo de combustível

Você já imaginou o trabalho por trás de algumas coisas comuns do dia a dia? Por exemplo, quando você vai a uma consulta médica e encontra a maçaneta das portas em perfeito estado? Ou, então, quando passeia pelo shopping e sente o frescor do ar-condicionado? É para oferecer esse tipo de serviço que a Vivante existe. Presente em todas as regiões do país e com mais de 20 anos de história, a empresa oferece serviços gerais de facilities. São serviços de manutenção técnica e consertos de infra-estrutura para outras empresas.

Curiosos por saber mais sobre a Vivante, seu funcionamento  e como ajudamos a empresa a atender melhor seus clientes, falamos com Fábio Pordeus, Gerente de Unidade. Ele contou um pouco mais sobre seu dia a dia coordenando a operação de 20 veículos em São Paulo que atendem as clínicas da Amil.

Para realizar os serviços necessários, as equipes são volantes, ou seja, não ficam alocadas em cada clínica e sim na sede da empresa. Os técnicos tem um roteiro diário de visitas a ser seguido para realizar as manutenções preventivas e, quando necessário, são alocados para casos emergenciais – todo esse deslocamento é feito pelos veículos, que usam nossa solução.

Sorriso no rosto de clientes e colaboradores

Fábio nos conta que, antes, sem um sistema de monitoramento eficiente que dava total visibilidade, os carros para os serviços ficavam ficavam estacionados na base da Vivante, na Barra Funda (Zona Oeste de São Paulo). No início do dia de trabalho, cada técnico (que é quem dirige o veículo) ia para a base e de lá seguia para o primeiro destino do dia; no final do expediente, voltava para a base para deixar o veículo e finalmente voltar para casa – uma distância que pode ser superior a 40km, muitas vezes percorrida de transporte público.

 

“Com a visibilidade quase que imediata que a Cobli nos dá, passamos a deixar os carros com os técnicos, que já saem de casa direto para a primeira visita e depois voltam direto para seus lares, ganhando muito em qualidade de vida”, diz Fábio.

Essa qualidade de vida foi impulsionada também pela decisão da empresa em alocar os técnicos em visitas que sejam mais próximas às suas casas.  

Com essa economia de tempo gerada por não haver mais o deslocamento Vivante-Cliente-Vivante, cada equipe ganhou pelo menos 3 horas de atendimento por dia, que antes eram passadas dentro do carro.

Eficiência de 3 horas por dia
Foi o que cada equipe da Vivante ganhou por dia depois que começaram a usar o monitoramento e os veículos passaram a ficar direto com os colaboradores

O volume das pendências nos atendimentos, antes inevitáveis porque as equipes não conseguiam atender todas as necessidades de uma clínica, melhorou: subiu 30%. Agora, fazem todos os consertos e manutenções necessárias em uma só visita.

Toda essa eficiência já teve um retorno claro, apesar de ainda estar consolidando os números: Fábio afirma que o consumo de combustível vem caindo!

Leia também:
Empresa de ar-condicionado reduz pela metade custo com combustível

Garantindo a chegada das equipes de atendimento

Veja outras equipes que também chegam mais rápido usando nossa solução:
Empresa de ambulância reduz tempo de alocação em 40% com a Cobli

Se antes a falta de visibilidade dos próprios veículos por parte da Vivante era um problema, solucionado pelo monitoramento, as clínicas que recebem os serviços também precisavam de mais transparência nessa relação. Por isso, Fábio usa e abusa da previsão de chegada.

A previsão de chegada não só garante que as clínicas saibam que hora os técnicos chegarão para a manutenção, como também permite acompanhar sua rota.

“A previsão de chegada faz toda a operação ser mais eficiente, uma vez que os técnicos se preocupam em fazerem o trajeto da maneira mais correta possível, já que o cliente está acompanhando”, Fábio exemplifica. “Nossos clientes se sentem mais acolhidos”, complementa.

previsa%CC%83o de chegada do motorista 1024x785 - Caso Vivante: Como deixar seus clientes e funcionários mais felizes

Toda essa satisfação dos clientes fica ainda maior porque também com a previsão de chegada, Fábio consegue ver qual é o veículo mais próximo no caso de emergências. Inclusive, nas palavras dele, “foi assim que no dia de ano novo consegui deslocar, em 30 minutos, um dos veículos para atender um chamado de emergência”.

Tecnologia a favor do negócio

Seguindo as diretrizes da Vivante para 2019 de “usar a tecnologia a favor da operação”, a partir de fevereiro, Fábio vai utilizar a nota do motorista para premiar os colaboradores no programa de benefícios interno – cada um é pontuado por benfeitorias e depois troca os pontos por prêmios. Temos certeza de que, além de gerar uma competição saudável entre a própria equipe, a empresa vai ganhar muito com colaboradores cada vez mais satisfeitos!

 

Que tal você também deixar seus clientes mais felizes com uma operação mais eficiente? Acesse nosso site ou falar com a gente por meio do 11 4810-2200 I euquero@cobli.co.

Monitoramento de Frota

 

logo cobli icone 20 - Caso Vivante: Como deixar seus clientes e funcionários mais felizes

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta veículos à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

Cobli

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Você já classificou este conteúdo.
Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *