6 vantagens do monitoramento veicular para frotas leves

6-vantagens-do-monitoramento-veicular-para-frotas-leves
Compartilhe esse conteúdo:

Recentes estudos revelam que a frota brasileira fechou o ano de 2016 com mais de 56 milhões de automóveis em circulação. Desse total, 5 milhões são veículos comerciais leves e outros 13,6 milhões compõem o número de motocicletas. Com indicadores tão significativos, é compreensível como o monitoramento veicular expandiu-se para atender a essa categoria.

Entre as principais vantagens, estão a possibilidade de reduzir os custos da frota leve, aumentar a segurança dos condutores e melhorar a produtividade da empresa.

Você precisa conhecer as principais vantagens dos serviços desenvolvidos para a gestão completa dos veículos. Continue com a leitura e saiba mais:

1. Localização do veículo em tempo real

Quando o assunto é monitoramento veicular, a primeira imagem que vem à mente é a funcionalidade de rastreamento. Atualmente, esse recurso está presente em empresas de transporte de todos os portes e segmentos comerciais.

Sua implementação é sinônimo de segurança em toda a operação logística. Ele visa proteger tanto a frota quanto a carga durante o percurso de entrega.

Os sistemas mais modernos foram desenvolvidos em plataformas 100% web, ou seja, não há necessidade de instalar programas ou salvar backups nos servidores. Essa característica também promove maior mobilidade, pois o acesso pode ser feito por meio de tablets, smartphones e computadores.

Com isso, o gestor não precisa ficar preso ao seu escritório, participa ativamente da operação e acompanha o desempenho da equipe ao mesmo tempo. Esse fator oferece agilidade na consulta de informações e permite a tomada de decisão com maior prontidão.

Os programas também podem ser parametrizados para exibir os pontos de parada na rota e destinatários das entregas, além de postos de abastecimento e descanso.

Por meio do controle remoto, é possível não só saber a localização de cada carro ou moto, mas também emitir alertas caso ocorram desvios da rota. Esse mecanismo é programado para criar cercas eletrônicas e cadastrar locais de interesse. Em caso de atividade suspeita, a central de monitoramento é notificada imediatamente e toma as ações necessárias.

O histórico de toda a movimentação do veículo também fica documentado, conservando, assim, um registro exato das viagens, incluindo:

  • velocidade mantida;
  • número de paradas;
  • status de ignição;
  • odômetro.

2. Adaptação ao tipo de carga

Tanto carros como motocicletas têm capacidade de carga consideravelmente menor do que os caminhões. Por essa razão, a natureza dos produtos transportados é bastante diferente. Na maioria dos casos, são fracionados e de menor volume.

Produtos eletrônicos, peças de vestuário e cosméticos estão entre as primeiras opções. Quanto maior o valor agregado das mercadorias, maior é o risco para a empresa transportadora. Portanto, é preciso cuidar para que a entrega seja concluída em segurança e evitar prejuízos.

3. Economia de combustível

Um dos custos que mais encarecem a operação logística é a aquisição de combustível para abastecer a frota. Contudo, esse é um desembolso que não pode ser contornado ou evitado, pois é fundamental para funcionamento dos veículos.

Por isso, o gestor deve buscar alternativas para obter economia de maneira inteligente. Umas das possibilidades é a utilização de carros da categoria flex, o que permite optar pelo combustível com o preço mais acessível nos postos de gasolina.

Por outro lado, os sistemas de monitoramento podem ser usados como ferramentas de gestão para otimizar a utilização de cada veículo. Os programas oferecem possibilidades para traçar a melhor rota tendo como objetivos viagens mais curtas e entregas em menos tempo.

Além disso, você pode dimensionar o consumo de cada veículo periodicamente e controlar a programação de abastecimento.

4. Obtenção de relatórios gerenciais

Uma das grandes vantagens obtidas com a implantação de programas para o monitoramento veicular é a capacidade de fornecimento de informações para o gestor. Seja o caso de um software de rastreamento ou roteirização, é preciso propiciar dados sobre o desempenho da equipe e resultados obtidos.

Centralizar as informações, facilitar o acesso e consolidá-las em relatórios de simples compreensão são alguns dos requisitos fundamentais desse tipo de sistema. É preciso que a ferramenta seja de fácil utilização para todos os níveis hierárquicos.

Com isso, dá para estimar as entregas realizadas, atender aos prazos e avaliar os resultados tanto da frota quanto da equipe da área de transportes.

O crescimento da produtividade com o monitoramento veicular é também é consequência do cuidado com a manutenção da frota leve. A realização de checagens periódicas das peças e sistemas contribui para aumentar a durabilidade e evitar danos.

Na área de logística, o indicador de produtividade pode ser representado pelo volume de entregas feitas. Com isso, é possível traçar novas estratégias para reduzir os gastos e otimizar a utilização de cada carro ou motocicleta.

5. Propicia gestão da jornada de trabalho

A realização do trabalho dos motoristas envolve longos períodos no trânsito realizando entregas e coletas de produtos nos clientes. Esse fator gera uma grande dificuldade em acompanhar o cumprimento da jornada de trabalho, a incidência de horas extras e as diárias indevidas, que representam um aumento dos custos com a folha de pagamento.

Por isso, é preciso atender à legislação vigente e controlar as horas trabalhadas com rigor. Isso acontece graças aos relatórios emitidos que descrevem o trajeto, as paradas programadas e os intervalos para refeição e descanso.

6. Avaliação do comportamento do motorista

Quando o assunto é cultura organizacional, o comportamento dos motoristas tem impacto na imagem da empresa. Com isso, surge a necessidade de avaliar os quesitos de:

  • cumprimento da legislação de trânsito;
  • velocidade máxima permitida na via;
  • frenagens e acelerações bruscas;
  • realização de curvas em alta velocidade.

Essa fiscalização tem o propósito de evitar acidentes, multas e uso indevido dos carros para fins pessoais.

O desenvolvimento tecnológico e a melhoria dos serviços logísticos andam lado a lado no cenário econômico atual. Portanto, os gestores devem refletir sobre o impacto positivo que a adoção de sistemas pode ter sobre toda a organização. A avaliação dos custos e do retorno no investimento deve fazer parte disso.

O monitoramento veicular representa uma grande mudança na estrutura de um negócio. Por outro lado, as oportunidades de melhoria, tanto em curto quanto em longo prazos, fazem dessa a decisão mais a acertada para o crescimento futuro.

Agora que você já conhece as vantagens do monitoramento para frotas leves, está na hora de expandir os seus conhecimentos. Assine a nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo diretamente na sua caixa de entrada!


 

Existimos para libertar a logística através da tecnologia, resolvendo questões reais e humanas. Somos uma startup que através de IoT conecta carros à internet, combinando excelência em engenharia e ciência de dados.

www.cobli.co

euquero@cobli.co || (11) 4810-2200

Este conteúdo foi útil?
Conte para nós se o conteúdo foi útil. Assim, podemos torná-lo cada vez melhor para você!
Sim0
Não0

Leia também:


Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *